terça-feira, 30 de julho de 2013

Quando você dialoga como dois parceiros jogando no mesmo time, você pode resolver problemas. - Roger Graham


Você já ouviu esta frase: “Apenas o amor é suficiente para manter nosso casamento”? Isso não passa de mito. A realidade é que para que um casamento sobreviva às intempéries do tempo é absolutamente necessário que no relacionamento haja mais que amor. Persistência, paciência, e compromisso mútuo de resolver com maturidade e objetividade os problemas que surgirem - porque eles vão surgir – são fundamentais!

TODOS OS ACONTECIMENTOS NOS ENSINAM ALGO


Os acontecimentos fenomênicos são “mestres que nos proporcionam aprimoramento espiritual”. Isto é, os fatos que estão ocorrendo agora — quaisquer que sejam — infalivelmente nos ensinam algo. Eles constituem uma oportunidade para passarmos a viver uma vida maravilhosa, alcançando maior grau de despertar espiritual e manifestando mais nitidamente a nossa Imagem Verdadeira.

Livro: Mensagens de Luz

Dispersos



E agora?
Três, quatro anos depois

Cadê a grande mutação?

Pintaram as rebordosas. Continuaram pintando. Nós continuávamos resistindo mas às vezes penso que viver não deve ser apenas isso, segurar a barra.

Continuamos carregando nossas pequenas maldições – mais orgasmos, insônia, pesadelos, excessos de álcool e cigarros, procura cega, iluminações ilusórias e passageiras, etc. O mundo continua apodrecendo, os amigos vão para a Europa, para a clínica ou para a prisão, viciaram-se nas drogas mais diversas. Em nome de que resistimos? De onde tiramos essa energia, que é meio talvez uma falta de energia por não termos conseguido radicalizar e mudar alguém ou a nós próprios, ou enlouquecer e fugir pro mato. Normalmente resistimos enquanto o coração resseca, os olhos endurecem, as deliberações se frustram.

Desmascaramos a farsa para continuarmos a existir no meio dela. De que nos tem servido essa lucidez senão para chamar barra cada vez mais pesada?
Batalhamos a paz, a divina diferença. Pra termos sede de amor e de beleza.

Com ou sem nova convivência, nosso saldo é o desencanto.

(Dispersos - Caio 3D O Essencial da Década de 1980)

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Ninguém consegue conviver com um eterno mau-humorado


1.Calma e bom-humor melhora o nosso dia!

Quando estamos mau-humorados, em baixa estima, parece que o dia claro fica cinzento, os olhares meigos enrijecem e é triste a alegria das pessoas…
Ao sentir aproximar-se esse instante, afaste-o. Desarme-se do mau humor, não vista a carranca da braveza. Ela enfeia o seu rosto e deixa transparecer alguém que certamente você não é. Você fica impaciente, seu coração endurece e suas palavras ficam amargas.
Acalme-se. Viva bem por dentro. Tem a melhor morada quem mora em si mesmo!
Não se deixe levar por irritações que vão desequilibrá-lo emocionalmente. As pessoas à sua volta vão conviver num clima hostil e improdutivo.
Ao primeiro sintoma mentalize boas lembranças e ria, gargalhe, mesmo sem razões… Entorne nos lábios o saboroso cálice do sorriso. Deixe que ele lhe embebede a alma de alegria e logo o seu bom astral vai estar de volta novamente!

2.Não se rebele contra quem o ama.

Às vezes, num momento de fúria, dizemos coisas ou praticamos atos impensados. E aí pode ser tarde…
Quando a língua perde o controle da voz o que fica no ar é uma nuvem de agressão. Se os movimentos se descoordenam, aí os gestos saem como duras ofensas. E ofender quem nos ama é abrir uma ferida na alma. Ela fica acesa e não cicatriza por longo tempo.
Devemos ter bom senso para discernir que o amor é infinitamente maior que o ódio; que a razão sempre vence a emoção e que uma palavra amiga pode cessar uma guerra.
Enterneça seu coração e acalme-o. Inflame sua alma com os fluídos do alto astral. Ponha doçura nos seus gestos, abrace quem o abraça e enxugue-lhe as lágrimas com o seu manto da alegria.
Saiba, por fim, que existem pessoas que o amam e que até morrem para dar-lhe a vida!

3.Não mergulhe no mar da impaciência.

Não queira fazer isso e ao mesmo tempo fazer aquilo. Nem queira estar aqui e no mesmo instante estar ali. Ao final não vai fazer nada nem ir a lugar algum…
Fuja do desassossego. Abandone a impaciência, caminho para irar-se. A ira tumultua sua mente e contamina seu sangue: seu coração irá pagar por algo que não fez.
Apascente-se! Nem mesmo Deus fez o mundo de uma só vez!
Se alguém, de repente, estraga seu projeto, você se desinquieta e a raiva lhe domina. Sua razão queima no fogo da emoção e seu equilíbrio entra numa dança louca.

Sorria!
Sorrir descarrega a tensão, despolui os nervos, alegra o espírito.
Retire seu olhar irado. Grite em silêncio. Tome um gole de equilíbrio, sossegue-se e recomece com alegria do ponto de origem!

Inácio Dantas (do livro ® “Pequenas Lições de Sabedoria)

segunda-feira, 15 de julho de 2013

"Gerente"

Transfira Ideias!!! Delegue, dê condições e saia da frente!!!

Agora se você acredita que "Gerente" é sinônimo de controlar, complicar, governar em vez de facilitar, simplificar e agilizar então gerencie menos e deixe um espaço para que seus colaboradores se desenvolvam e verá um resultado mais positivo  e uma empresa mais saudável.


sexta-feira, 12 de julho de 2013

Comercial Citroën DS5 - O prazer de pilotar um carro único - 2012

DS5 - De cara a gente vê que ele esbanja luxo e estilo. O modelo aposta no espaço interno e no visual exótico para conquistar quem procura algo “além” do conceito premium.

terça-feira, 9 de julho de 2013

O Mestre dos Mestres

Que o “ mestre dos mestres” lhe ensine que nas falhas e lágrimas se esculpe a sabedoria.

Que o “mestre da sensibilidade” lhe ensine a contemplar as coisas  simples e a navegar nas águas da emoção.

Que o “mestre da vida” lhe ensine a não ter medo de  viver e a superar os momentos mais difíceis da sua história.

Que o “mestre do amor” lhe ensine que a vida é o maior espetáculo no teatro da existência.

Que o “mestre inesquecível” lhe ensine que os fracos julgam e desistem, enquanto os fortes compreendem e têm esperança.

Não somos perfeitos. Decepções, frustrações e perdas sempre acontecerão,mas  Deus é o artesão do espírito e da alma humana.

 Não tenha medo !!!Depois da mais longa noite surgirá o mais  belo amanhecer ,espere-o.

Todos nós passamos por determinadas angústias e ansiedades, pois algumas das mazelas da vida são imprevisíveis e inevitáveis.

 Na escola da existência  aprende-se que se adquire  experiência não só com os acertos e as conquistas, mas, com as derrotas,  as perdas e o  caos emocional  e  social...

Texto: Augusto  Cury